Perfil:
Guilherme


Arquivos:

Amigos (0)::


Meu aniversário de 18 anos. Um momento histórico para mim!
14/09/2013 às 14:23

Hoje é o meu aniversário de dezoito anos. As expectativas começaram a aumentar ao passo que se aproximou-se desta data. Ontem eu estive muito ansioso para o dia. Recebi um presente de forma adiantada de minha amiga Érica Leme. O presente foi ótimo e foi composto por uma caixa de bombons (que pouco tempo depois já estavam vazias devido ao meu consumo exagerado de chocolates, causado por meu doce vício por alimentos extremamente calóricos). 

Na última noite, estava voltando da faculdade, esperando com que chegasse a meia-noite de maneira mais apressada e ela chegou após alguns metros percorridos já no território urbano de Campina do Monte Alegre. Alguns minutos após a meia-noite cheguei em minha casa e me preparei para dormir. Dei bombons de chocolate para as minhas duas irmãs e para a minha mãe em número de dois para cada uma delas.

 Deitei-me. Demorei-me a dormir. Entre pensamentos e tosses demorou, mas chegou o esperado sono. Dormi e, algumas horas depois, despertou-se o celular de minha irmã Patrícia e acordei.

A partir daí levantei-me, arrumei minha cama, os meus materiais e tomei um banho bem demorado, que foi alvo de críticas no tocante a desperdício de água e energia elétrica por parte de minha família, e despedi-me de minha família, já indo em direção à Rua Rocha Miranda, na região correspondente ao posto de gasolina de minha cidade. Parecia estar atrasado, mas eu vi minha amiga Elisângela próximo a praça do avião também indo em direção ao mesmo ponto. Eu já havia ultrapassado-a e fui em marcha levemente rápida me distanciando dela, uma, duas, três quadras (aproximadamente 100 a 200 metros no total).

 Cheguei ao referido ponto e deparei-me com a van, vazia, com poucas pessoas próximas. Esperei por um período e as pessoas foram chegando e se aglomerando no local até o horário em que sai habitualmente a van, que fora alocada pela prefeitura municipal de Campina do Monte Alegre para os Universitários e demais estudantes, onde na lateral da mesma estava escrito em letras vermelhas, bem grande a palavra “Saúde”, indicando que este veículo também é utilizado para transporte de pacientes do SUS em viagens para consultas médicas, exames e operações médicas.

 Aproximadamente, próximo de oito horas e trinta minutos da manhã, finalmente partimos de Campina do Monte Alegre em direção à cidade de Itapetininga. Sentei-me ao lado de uma amiga, a Bianca, que faz cursos aos sábados e viaja juntamente conosco na van. Por um bom período, devido ao sono, deitei-me no ombro da mesma e dormi por alguns trechos da viagem, que foi rápida e durou cerca de uma hora.

Cheguei à FATEC e pedi um café puro e um pão passado na chapa, além de um brigadeiro com a intenção de começar meu dia bem alimentado. Depois subi em direção à minha sala e assisti às duas aulas de Inglês, onde conversei com meus colegas e minha professora sobre o meu aniversário e aprendi em consequência disto, alguns termos em inglês relacionados às comemorações  de aniversário. Abordamos depois um trecho de um livro que vem sendo estudado desde o primeiro ciclo sobre a rotina diária das pessoas, onde aprendemos e praticamos o que aprendemos devido à dinamicidade das aulas. Ao final da mesma, cantaram parabéns no idioma Inglês e foi realizada a chamada e encerrada a aula.

 Alguns minutos depois, saí de minha sala e fui jogar tênis de mesa com meus colegas da FATEC. Não garanti vitórias, e fiz partidas um pouco aquém de meu potencial para o esporte. Depois fui ao laboratório de informática de minha faculdade acessar à internet especialmente o meu e-mail e o site de relacionamentos tagged.com, onde me contatei  com algumas pessoas e fiz algumas atividades bem específicas da rede social. Demorei um pouco e acabei me atrasando parcialmente para a aula. Durante o meu acesso, meu amigo Carlos Eduardo me disse que o professor Cesário teve alguns problemas e teve de resolvê-los antes de iniciar as aulas e que eles me avisariam quando o professor chegar. Ele saiu e fiquei durante algum tempo acessando a internet e o meu amigo voltou a mim, dizendo que o professor Cesário fez uma prova surpresa e me sugeriu para que eu fosse em direção à minha sala, onde iria se realizar a suposta prova surpresa.

Cheguei à minha sala e fui surpreendido pela festa de aniversário. Assoprei em vão a vela do bolo, quando o professor Ademir, que me lecionou a disciplina de Metodologia para a produção de conhecimento no semestre passado, ao qual sou grato pelo ensino, me disse que “As velas não apagam e isto [as velas] eram só para encher o saco”. Após isto, cortei com dificuldade o bolo com a mão esquerda, fiz um pedido  e andei com o pedaço de bolo pela sala e todos os meus colegas pensaram que eu iria entregar o pedaço de bolo para a minha colega Suede ou minha colega Mariana Pinheiro, mas entreguei à minha amiga Érica Leme, o que causou grande surpresa, e ao explicar tudo, disse que o pedaço de bolo era uma forma de retribuição aos presentes que ela me dera no dia anterior. Depois eu comi alguns pedaços de bolo, juntamente com o Refrigerante, e prosseguiram-se as aulas de Estatística, onde foram abordados os conceitos de permutação, arranjo e combinações.

Depois das aulas, fui à lanchonete da faculdade comer uma pequena torta de limão, em seguida fui em direção ao veículo referido e me despedi dos colegas. A van fez um percurso até a uma praça do centro da cidade, próximo ao Habib’s e paramos para esperar outras pessoas que faziam também outros cursos. Aí, andei um pouco pela praça e conversei com o Juslley, que é colega de minha classe, vice-representante de classe, que sempre vem à praça após as aulas do sábado e que por vezes, o encontro no referido lugar.

Voltei para a van. Já eram aproximadamente doze horas e trinta minutos da tarde e saímos em direção à cidade, tendo eu levado meus meteriais acadêmicos, minha blusa de frio juntamente com minha mochila, além de uma garrafa de refrigerante de dois litros da marca Tubaína Vieira, e bexigas de aniversário. Cheguei em casa, após conversar com algumas pessoas ao local, pouco antes das duas horas da tarde. Contei o fato aos familiares e fui à INFOCAMP acessar a internet, onde escrevi durante cerca de uma hora este texto, sendo uma hora paga e outra hora ganha mediante à promoção que oferta uma hora gratuita aos usuários cadastrados no dia de seu aniversário. Hoje ainda falta para acontecer a festa de aniversário também em minha casa (onde estarão reunidos meus parentes), o jogo de futebol entre Palmeiras e América Mineiro pela segunda divisão do campeonato brasileiro (o qual espero vitória do Palmeiras que será um presente de aniversário e a Santa Ceia na Igreja evangélica Assembleia de Deus de minha cidade, onde serei lembrado no meu aniversário, cultuarei a Deus, serei abençoado e retornarei à comunhão com os irmãos depois de muito tempo sem participar deste evento e do corpo de cristo.

O que tenho a agradecer é o meu muito obrigado a todos e a minha expressão de conquista e felicidade por tudo que consegui nestes dezoito anos de vida de vitórias que Deus tem me concedido. Uma ótima tarde, um belo sábado a todos e um excelente fim de semana a todos vocês.



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!